símbolos do Arcano
18 - o Crepúsculo

Plano Espiritual:

O Abismo infinito, em que se move o criado, o poder misterioso pelo que as coisas têm em seu ser. ©Iglesias Janeiro

A lua minguante, como símbolo de introspecção, de resgate de conteúdos do inconsciente.

Paus
Tarots Egipcios ©Kier

 

Plano Mental:

As forças da negação como evidencia da afirmação, o negativo como expoente do positivo. ©Iglesias Janeiro

Uma pirâmide e sua sombra, um cachorro e a sua sombra - Sob a luz da lua e do sol - Representam o momento da passagem do dia para a noite. Estas sombras representam as imagens do Eu e as várias realidades que elas estão inseridas. É como se a pirâmide significasse a realidade, sua sombra as várias leituras, como também as visões do passado, presente e projeções do futuro.

Plano Material:
Tende aos processos vinculados a manifestação dos poderes ocultos, a ação das forças sutis, o que exige liberação sem alcançar resolução. ©Iglesias Janeiro

Uma pirâmide emanando energia para o solo. Dentro dela o escorpião que representa o resgate do passado, da história. A pirâmide clara significa que o passado está iluminando o presente - trazendo dados, auto-conhecimento.

"O Crepúsculo no ato de manifestar o poder mágico da luz."
©Iglesias Janeiro

Tzade:
Símbolo do mistério do poder serpentino. O princípio da força do magnetismo, o clamor que inquire, a emanação que fascina, o poder do encantamento.

Escorpião morada de Urano
Câncer

Livro
próxima
entre
anterior
Tarot Egípcio: A Jornada em busca do Ser - Página 60